sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

2016

2016 foi um ano mau. Desculpem-me, mas 2016 foi uma merda.
A nível pessoal tive a maior perda de sempre, tive dificuldades atrás de dificuldades a nível pessoal, passei meses horríveis, rodeada de gente mas a sentir-me a pessoa mais sozinha do mundo, passou mais um ano e o amor não me visitou. As crises familiares multiplicaram-se. As discussões. O cansaço. E as conquistas que não alcancei.
A nivel mundial acho que 2016 foi dos piores anos que tivemos.
Artisticamente ficamos mais pobres, Nicolau Breyner, Camilo de Oliveira, Alan Rickman, Prince, Carrie Fisher, George Michael, entre outros.
O Reino Unido, num acto de estupidez e ignorância, decidiu cortar os laços com a UE.
Donald Trump ganhou as eleições presidenciais nos USA.
Perderam-se tantas vidas. Das milhares de vidas que se perderam no meio do terrorismo que venera um Deus que eu não compreendo.
A guerra na Síria e a crise dos refugiados que todos os países tentam ignorar.
Nice, Bruxelas, Berlim, Turquia, entre outras cidades, foram palco de atentados terroristas.
Os fenómenos da natureza não ajudaram. Portugal esteve em chamas praticamente o verão todo. Os sismos que atingiram a Itália e provocaram imensos danos e mortes.
Caíram aviões. Muitos aviões.
Poderia continuar.... Mas acho que já perceberam. 2016 foi uma merda.

Só posso desejar e pedir com todas as minhas forças que o ano 2017 me traga, nos traga felicidade, amor, saúde e paz.



3 comentários:

  1. completamente de acordo!
    Que 2017 seja melhor, porque 2016 ... CREDO!

    ResponderEliminar
  2. Não sou fã de séries...
    Vi apenas um na minha vida, Gossip Girl, nos tempos de faculdade.
    Mas ter de esperar que saiam novas temporadas e episódios não é para mim xD

    ResponderEliminar